Inventário Patrimonial

O inventário patrimonial é uma excelente oportunidade para efetuar uma revisão em todo o patrimônio imobilizado da empresa.

Com o trabalho de inventário patrimonial é possível uma completa identificação dos bens, efetuar ajustes cont´beis, sanear irregularidades e dispor de um cadastro com informações confiáveis, sabendo-se a situação de cada bem, sua localização e seu valor.

O resultado mais proveitoso é o gerenciamento dos custos (correta apropriação) e do inventário físico periódico, facilitado pela identificação dos bens através de etiquetas com código de barras.

Objetivando atender exigência legal é necessário manter registros que permitam identificar os bens do imobilizado, o valor original e os posteriores acréscimos ao custo, reavaliações e baixas parciais. Para isto, o controle patrimonial, os inventários totais ou parciais, auxiliam na preservação e gestão, de forma a adquirir uma conotação mais ampla que possa ser caracterizada como administração patrimonial.

Estoque de mercadorias, produtos prontos, documentos, bens, maquinário, tudo isso é fundamental para que a sua empresa funcione corretamente.

Em empresas pequenas é simples controlar o fluxo de entrada e saída destes ítens, mas quando a empresa cresce e ganha complexidade é muito interessante realizar um controle patrimonial mais profissional.

Este processo de controle do patrimônio de sua empresa é feito através de um processo de criação de um bom Inventário Patrimonial.

Se atualizado, constantemente e corretamente, um Inventário Patrimonial se torna um item estratégico fundamental para os executivos e gerentes da empresa, pois através dele é possível ter uma ótima visão global do funcionamento dos negócios.

A principal função do Inventário Patrimonial é localizar e listar todo este patrimônio, no entanto, dados adicionais interessantes também podem ser anexados, criando assim um documento completo de Gestão Patrimonial.

Além de listar os bens, em um Inventário Patrimonial também podem aparecer as seguintes informações:

  • Descrição do item, enumerando o tipo de bem e também sua função na cadeia produtiva da empresa, se é uma matéria prima, documento, protótipo, Marca e Fabricante do Item.
  • Quantidade de itens estocados (este item deve sempre ser atualizado), a quantidade de itens estocados é interessante pois pode informar a gerência de Controle Patrimonial se novas compras devem ser realizadas ou não.
  • Local onde está o bem. Sabendo a localização o planejamento e o sistema de logística da empresa será mais eficaz.
  • Valor dos itens, o valor dos itens dentro do Inventário Patrimonial é fundamental para que se implemente uma política efetiva de controle de custos.
  • Book com todas as fotos do inventário patrimonial.